China deve superar EUA como maior mercado de leasing financeiro do mundo

O mercado de leasing financeiro da China deve movimentar 5 trilhões de yuans (US$ 31 bilhões) durante o primeiro semestre de 2016 e poderá se tornar o maior no mundo, ultrapassando o dos Estados Unidos, de acordo com um relatório publicado esta semana, segundo a agência de notícias Xinhua. 
O número de empresas do setor cresceu quase 45% no primeiro semestre deste ano, para 3.185, e a expectativa é de que essa taxa de crescimento anual  se mantenha ao redor de 30% nos próximos cinco anos, segundo levantamento divulgado pela associação chinesa de leasing financeiro e parceiros. 

Os contratos de leasing financeiro somavam 3,66 trilhões de yuans (US$ 22, 7 bilhões) até o final de junho, aumento de 14,2% em relação a seis meses antes.  O crescimento dessas atividades de leasing é estimulado parcialmente pelas companhias chinesas atrás de crédito barato. O jornal 21st China Business Herald informou,  na última semana, que empresas cotadas nos setores de telecomunicação, agricultura, farmácia, energia e maquinaria também aderiram à prática. 

Dezenas de companhias listadas em bolsa abriram, compraram ou entraram para companhias de leasing financeiro adquirindo participações, informa a agência Xinhua. 

Cerca de um quarto das atividades de leasing financeiro ocorre na cidade costeira de Tianjin, no leste do país, cujo porto alfandegário de Dongjiang pretende liderar o leasing offshore usando políticas preferenciais para a zona de livre comércio de Tianjin.

 

Fonte:  Divulgada pela  agência de noticias Xinhua em 21/07/2015